Relação de Equipes que Trabalham na Distribuição de Alimentos aos Irmãos em Situação de Rua em

São Gonçalo/Niterói

 
Em construção
clique na imagem para melhor visualização

Equipes Solidárias da Rua

Objetiva compor um quadro esquemático dos grupos que atuam levando alimentos aos que se encontram em situação de rua, em São Gonçalo e Niterói.

PARTE TERCEIRA - DAS LEIS MORAIS - CAP. IX

 LEI DE IGUALDADE - DESIGUALDADES SOCIAIS

806. É lei da Natureza a desigualdade das condições sociais?

“Não; é obra do homem e não de Deus.”

a) Algum dia essa desigualdade desaparecerá?

“Eternas somente as leis de Deus o são. Não vês que dia a dia ela gradualmente se apaga? Desaparecerá quando o egoísmo e o orgulho deixarem de predominar. Restará apenas a desigualdade do merecimento. Dia virá em que os membros da grande família dos filhos de Deus deixarão de considerar-se como de sangue mais ou menos puro. Só o Espírito é mais ou menos puro e isso não depende da posição social.”

807. Que se deve pensar dos que abusam da superioridade de suas posições sociais, para, em proveito próprio, oprimir os fracos?

“Merecem anátema! Ai deles! Serão, a seu turno, oprimidos: renascerão numa existência em que terão de sofrer tudo o que tiverem feito sofrer aos outros.” (684)

"Porque tive fome e me destes de comer, tive sede e me destes de beber...estava nu e me vestistes"

Mt 25.35,36

Este espaço visa colaborar com todos os grupos (independente da religião) que procuram, através da prática do bem, auxiliar à população em situação de rua em São Gonçalo e Niterói.

O preenchimento deste formulário incrementará o quadro ao lado, propiciando aos grupos que trabalham levando alimentos aos necessitados, condições de melhor se organizarem, pois é fato que há dias em que vários grupos atuam e outros dias em que poucos ou nenhum estão nas ruas, por falta de informação.

É muito importante, portanto, a divulgação do link desta página por todos aqueles que efetuam alguma tarefa nesta área, pois assim estaremos facilitando sobremaneira as iniciativas de auxílio.

Ressaltamos que não se trata de impor nada a ninguem, e sim melhor embasar os trabalhos de grupos de cidadãos que se preocupam com a situação dos mais necessitados.